Os ipês mais bonitos que encontramos nas ruas de Goiânia

Os ipês mais bonitos que encontramos nas ruas de Goiânia
Escrito por Aproveite a Cidade no dia na categoria Cidade

Antes de tudo, apesar do título, não é uma competição. É uma celebração! Para lembrar o Dia Nacional do Cerrado, comemorado em 11 de setembro,  o #aproveiteacidade compilou fotos de ipês espalhados por Goiânia. Alguns deles, nós compartilhamos com você em nossas redes sociais (aliás, siga-nos no Instagram).  No cotidiano da cidade, a árvore, que causa tanto frisson entre os locais quando flori, nos lembra do ecossistema onde o meio urbano foi inserido, riquíssimo em biodiversidade.

Aproveitamos para lembrar a necessidade de preservação e de produção sustentável, ainda que a argumentação, neste caso, se limite à contemplação da beleza da árvore símbolo do Brasil. Segundo a organização WWF-Brasil, o Cerrado é considerado o berço das águas do País, com reservas subterrâneas, que abastecem as principais bacias hidrográficas. Assim, a conservação do bioma está intimamente ligada ao abastecimento.

Aproveite! Contemple! Preserve!

Ipê- amarelo 

Ao se deparar com uma belezura dessas, a única opção é estacionar o carro e registrar belas imagens. Foi assim que Carlos Freitas, do #teamaproveite, fez ao trafegar pela rua Pirapora, no Jardim Ana Lúcia, em Goiânia.

O contraste entre as flores amarelas e o céu gerou comoção nas redes. O ipê no Jardim Ana Lúcia é um dos mais bonitos de Goiânia/ Foto: Carlos Freitas

 

Tronco retorcido, flores abundantes. Em agosto, o ipê-amarelo do Jardim Ana Lúcia, em Goiânia, era uma atração no bairro / Foto: Carlos Freitas

 

Não foi só o #aproveiteacidade que estacionou  o carro para garantir o registro. O ipê-amarelo, no Jardim Ana Lúcia, valia um momentinho para contemplação / Foto:  Carlos Freitas

 

Ipê- rosa 

No campus do Instituto Federal de Goiás (IFG), no Centro de Goiânia, há dois ipês-rosa. As árvores tiveram floradas abundantes e duradouras. Carla Falcão, do #teamaproveite, nos proporcionou cliques de tirar o fôlego.

 

O intervalo das aulas dos alunos do IFG, em Goiânia, tinha cenário certo. Melhor registrar os lindos ipês-rosas que floriram no pátio da instituição / Foto: Carla Falcão

 

Já viu um ipê-rosa tão carregadinho de flores assim? Este é o topo de uma  das árvores do IFG, no Campus Goiânia/ Foto: Carla Falcão

 

Veja mais de perto os buquês de flores cor-de-rosa. Um verdadeiro espetáculo esse ipê-rosa no IFG… podia durar o ano todo / Foto:  Carla Falcão

 

Entendeu por que a gente chamou de pompom? As flores do ipê-rosa se aglomeram de forma única. Em 2018, reserve julho para visitar o IFG, no centro de Goiânia / Foto: Carla Falcão

 

Ipê-branco

Quando setembro ameaça dar as caras, os ipês-brancos garantem  a atenção de quem trafega pela cidade. Este, que registramos na Rua 18-A, no Setor Aeroporto, em Goiânia,  estava espetacular! A gente quis guardá-lo na memória por vários ângulos.

Que generoso ao florir! As flores brancas se aglomeraram aos galhos do ipê, que conturbou ainda mais o trânsito do Setor Aeroporto. Como resistir a uma paradinha? / Foto:  Carlos Freitas

 

Poderia ser um cartão-postal não fossem os carros estacionados. As flores do ipê-branco cobrem a caminhonete, parada sob a sombra da árvore no Setor Aeroporto

 

A luz do sol entre os galhos só veio melhorar a situação! O ipê-branco chegou a sua plenitude no final do mês de agosto / Foto: Carlos Freitas

 

Ipê-Amarelo 

Ainda que de dentro do carro, não deixamos escapar a foto. Repare a grandiosidade deste ipê-amarelo na Avenida Independência, com a Araguaia, no Centro de Goiânia. Partilhamos com você o suspiro diante dessa lindeza!

O ipê-amarelo na Avenida Independência, no Centro, chama atenção pelo tamanho! No clique, encobriu parte do sol e ficou iluminado/ Foto: Carla Falcão

 

Ipê-rosa 

A cor mais escura indica que as flores do ipê-rosa, no Setor Sudoeste, em Goiânia, começavam a murchar. No dia 14 de agosto nos deparamos com esta belíssima árvore em um praça do bairro.

Um rosa mais escuro. Flores caídas no chão. Com a florada já no fim, ipê-rosa no Setor Sudoeste, em Goiânia, aglomerou admiradores de sua formosura / Foto:  Paula Falcão

 

De longe dá para mensurar o tamanho da árvore e da beleza. Os carros estacionados sob sua sombra. Uma mulher registra as flores caídas do ipê no Setor Sudoeste / Foto: Paula Falcão

 

A copa colore o céu com um rosa único. Na metade de agosto, ipê-rosa, no Setor Sudoeste, estava prestes a retomar as folhas e iniciar novo ciclo / Foto: Paula Falcão

 

Ipê-branco 

No Instituto Federal de Goiás  (IFG), no campus Goiânia, há cinco ipês-brancos, que floriram no início de setembro. As flores delicadas duraram pouco, mas rederam cliques que parecem proteção de tela. Olha só!

Recorte da fotografia tirada dos ipês-brancos do IFG, em Goiânia, faz parecer que brotam do céu / Foto: Carla Falcão

 

Sim! Parece proteção de tela de celular, mas a foto foi tirada em Goiânia e por uma estudante do IFG / Foto: Carla Falcão

 

Ipê-branco no campus Centro do Instituto Federal de Goiás, em Goiânia. Galhos, flores e o céu / Foto: Carla Falcão

Os leitores do #aproveiteacidade também compartilharam conosco os ipês que encontraram pelo caminho. Muito obrigada por compartilharem as suas vivências! Você pode conferir algumas fotos aqui (talvez seja necessário rolar um pouquinho a barra ;))!

Palavras chave: , , , , , ,

,