Saleh: comida árabe com toque brasileiro é sucesso no bairro de Campinas

Saleh: comida árabe com toque brasileiro é sucesso no bairro de Campinas
Escrito por Carlos Freitas no dia na categoria Cidade

Os quibes assados na Avenida Pará, no bairro de Campinas em Goiânia, já fizeram muita gente atravessar a cidade,  inventar motivo para o happy hour e, claro, burlar a dieta.  A história do Saleh Comida Árabe começou muito antes de Nadir Saleh Hijaz, atual proprietário, assumir o negócio, em 2003. Seus pais, libaneses, vieram para o Brasil na década de 70, já casados.

Nos anos 80, abriram um restaurante do mercado do bairro de Campinas, mas durou apenas 2 anos. Em 1986, iniciaram o Saleh (nome do patriarca), que está praticamente no mesmo local há 32 anos.

É que tudo recomeçou com uma portinha e mesas para receber os clientes dispostas na garagem. Em 2011 mudou de local, mas apenas 20 metros separam os dois endereços.  Ganhou um empório e, posteriormente, uma adega. Assim, o bairro de Campinas sempre esteve ligado à família e a este point da gastronomia árabe goianiense.

 

O cardápio do Saleh

Quibe de carne recheado com queijo e assado na brasa é receita que deixou o Saleh Comida Árabe conhecido | Foto: Paula Falcão

Segundo Nadir, que comanda o caixa quase todos os dias, o cardápio é basicamente o mesmo há 30 anos. Quem cuidou no início e ainda supervisiona é sua mãe, Amali, a dona de todas as receitas deliciosas.

“Ela hoje mais supervisiona a cozinha, mas ainda põe a mão na massa sempre que possível. Não tem a mesma frequência de antes, mas sempre que pode está aqui”, diz Nadir. Ele, que frequenta o restaurante desde os 4 anos, assumiu o comando do local com o falecimento do pai, em 2005. Nadir tinha 23 anos.

O prato que fez o Saleh ficar conhecido em Goiânia foi o quibe assado (R$ 7) na brasa (churrasqueira). Mas Nadir diz que hoje há uma disputa com Toska de Kafta (pão sírio recheado com a carne temperada de maneira tipicamente árabe, tomate e cebola). A Toska (meia R$ 9 | inteira R$ 16) ficou ainda mais conhecida depois de sair em uma matéria na TV.

O local também vende frios típicos árabes, como Homus (pasta feita de grã-de-bico), Baba ganoush (pasta de berinjela), quibe cru, pão sírio, coalhada, entre outros. É comum os clientes pedirem uma porção com várias opções  como entrada. Assim, comem os pães sírios recheados.

 

Saleh com toque brasileiro 

Jatinha com espetinhos variados é opção também no almoço do Saleh | Foto: Paula Falcão

O almoço foi implementado no Saleh Comida Árabe há 5 anos. Nadir explica que são pratos executivos de culinária brasileira. As comidas árabes também são servidas, “mas saem muito menos nesse horário”, afirma.

Tem espetinhos de diversos tipos de carnes, e ‘jantinha’ para acompanhar, com tudo o que tem direito esse prato de hábito tão goiano (arroz, feijão tropeiro, mandioca e vinagrete). Às sextas-feiras, no almoço, tem até feijoada. E é bem boa! Se é fã de pimenta, pode adicionar esse item à salada e a receita ficará ainda mais saborosa.

Para acompanhar, o Saleh oferece uma boa carta de vinhos e grande quantidade de cervejas artesanais, além dos rótulos comuns. O local também é um empório. Pare por lá para comprar castanhas e típicos produtos árabes.

Vem expansão por aí

Kafta de carne do Saleh Comida Árabe é um dos pratos favoritos do time Aproveite. É bem temperada e suculenta | Foto: Paula Falcão

Nadir contou que deseja expandir o restaurante em 50%, basicamente em seu espaço interno. “A ideia é formar um novo empório, com foco em uma ampla carta de vinhos, que poderão ser consumidos no local, ou levados para casa.”

Mas reforma que fará com que o restaurante possa receber até 210 pessoas (hoje, são 150), deve começar em meados de 2019. “Já poderia ter acontecido, mas por motivos pessoais preferi não fazer”, disse.

Uma nova cobertura será colocada do lado de fora e deve ser instalada até o final de outubro. A ideia é dar mais comodidade para quem senta na parte externa do restaurante.

 

Experiência gastronômica  do time Aproveite

Toska de kafta se tornou um dos pratos mais pedidos da casa depois de matéria na TV | Foto: Paula Falcão

Quem acompanha o Aproveite a cidade já viu postagem sobre o Saleh em nosso Instagram (aqui). É um dos favoritos da Paula Falcão, fundadora do site. Junto com sua família, incluindo a Carla Falcão, que também  faz parte do nosso time, frequenta o local desde criança.

Para quem mora em Campinas é uma boa pedida para comer fora de casa. É um bar movimentado, quase sempre com rostos conhecidos da vizinhança.

Eu frequento o Saleh há menos tempo, mas já tinha recebido ótimas referências. O local tem bom preço e atendimento sempre cordial – o que te faz se sentir em casa, e, principalmente, boa comida.

 

Empório Saleh 

Endereço:  Av. Pará, nº 29, Setor Campinas –  Goiânia

Funcionamento:  de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 23h;  sábado, das 8h às 18h;  fechado no domingo.

Informações: (62) 4101-4432

Palavras chave: , , , , , , , , , , , , , ,

,