Goiás pode ganhar trem turístico ainda em 2019

Goiás pode ganhar trem turístico ainda em 2019
Escrito por Carlos Freitas no dia na categoria Cidade

O Estado de Goiás pode receber ainda em 2019 um trem turístico. Segundo a Goiás Turismo, que encabeça o projeto, o trem passará por 14 municípios do interior do estado. Inclusive, as ferroviárias com arquitetura art déco  já foram quase todas restauradas. Portanto, elas já estariam prontas para fazer parte deste projeto.

Assim, a ideia é aproveitar os trilhos e amenizar os problemas financeiros destes municípios, aumentando a oferta de emprego. Além disso, o Estado quer incrementar a valorização da cultura, das artes, do folclore, da gastronomia, do artesanato e da música.

O presidente do Consórcio Intermunicipal de Cultura e Turismo da Região da Estrada de Ferro de Goiás, José Faleiros, que também é prefeito de Silvânia, se disse animado com o projeto. Ele comemorou o anúncio feito pelo presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, de que a autarquia vai apoiar os municípios na elaboração do Plano de Viabilidade Técnica.

“No encontro, combinamos ainda a parceria da nossa equipe na elaboração de leis municipais para o Consórcio. Além disso, há um estudo de viabilidade técnico-financeiro de todo o trajeto e a promoção do Trem Turístico no novo CAT (Centro de Atendimento ao Turista) do Aeroporto de Goiânia”, afirmou Fabrício.

Municípios

Estação Ferroviária em Silvânia, que é um dos municípios que deve receber o trem turístico em Goiás

Estação Ferroviária em Silvânia, que é um dos municípios que deve receber o trem turístico em Goiás | Foto: Prefeitura de Silvânia

Para que o projeto funcione, os municípios de Bonfinópolis, Catalão, Goiandira, Ipameri e Orizona receberão da linha do trem. Além dessas, Leopoldo de Bulhões Pires do Rio, Santa Cruz de Goiás, Silvânia, Urutaí e Vianópolis estão no caminho. Estas cidades fazem parte da região turística da Estrada de Ferro.

Na região metropolitana, Senador Canedo, Caldazinha e os povoados de Ponte Funda e Caraíba, se comprometeram a ajudar no projeto.

Estas cidades irão restaurar prédios históricos e instalar sinalização turística. Além disso, colocarão placas informativas sobre os atrativos nas rodovias e a melhorias na infraestrutura de acesso serão realizadas.

O presidente da Goiás Turismo afirmou ao Aproveite a cidade que deseja construir um plano de trabalho junto com os municípios. A ideia é mensurar potencialidades, apresentar bons projetos, que sejam viáveis, para que tudo seja colocado em prática.

“A nossa proposta para a Goiás Turismo é desenvolver um trabalho de apoio técnico aos municípios, que possuem grandes dificuldades nessa área. Eles não têm pessoal especializado para elaborar projetos e a contratação de consultoria é dispendiosa”, disse.

Outra ideia, segundo Fabrício, é firmar parcerias com o Sistema S para qualificação e capacitação de pessoal. Foi proposto também a criação de uma escola de gestores, para formar pessoal para elaboração de projetos. Esse pessoal ainda trabalharia na identificação e captação de recursos, diagnóstico e formatação de produtos.

O caminho do trem turístico

Estação de Silvânia pode ser uma das 14 a receber trem turístico

Trem turístico quer impulsionar potencial do setor em 14 cidades de Goiás | Foto: Prefeitura de Silvânia

A ideia é que o trem turístico leve pessoas para conhecerem todas as cidades com estações. O trecho total teria mais de 300 km. Ele sairia da região metropolitana de Goiânia e iria até Catalão.

De acordo com o diretor de cultura de Senador Canedo, Cláudio Bonfim, o trem turístico vai impactar muito na cidade, já que vai gerar empregos, além de envolver toda comunidade local em um projeto turístico estadual.

Para o presidente da Goiás Turismo, é importante que o Estado de Goiás tenha produtos específicos. “Precisamos começar a ocupar o nosso espaço no turismo nacional e internacional”, afirma Fabrício.

Palavras chave: , , , , , , , , , , , , , , , ,

,