Festival Vaca Amarela mistura rock, pop, eletropunk, carimbó e pocnejo

Festival Vaca Amarela mistura rock, pop, eletropunk, carimbó e pocnejo
Escrito por Carlos Freitas no dia na categoria Cidade

Pop, rock pesado, música popular, carimbó, eletropunk e até pocnejo: tem de tudo no Festival Vaca Amarela 2019. Assim, um dos principais pilares da produção musical de Goiás, o Festival completa 18 anos. Dessa forma, acontece entre os dias 25 e 29 de setembro, no Sesc Centro e no Centro Cultural Martim Cererê, em Goiânia.

O evento celebra a história do festival, as bandas locais e traz uma invasão nortista até a capital goiana. Tem eletropunk do Montage – projeto do cantor cearense Daniel Peixoto. Além disso, pocnejo (sertanejo com temática gay) do paulista Gabeu, filho do cantor sertanejo Solimões.

Há ainda o rock pesado de Aurora Rules e Overfuzz, e o pop rock de Violins e Casa Bizantina,  nomes bem sedimentados da cena musical da cidade. Além disso, tem a cantora Bruna Mendez, que mescla música sintetizada e MPB.

Invasão Nortista

Nesta edição, nos dias 25 e 26, o Sesc Centro recebe a mostra Invasão Nortista. Assim, tocam as bandas Jamrock, grande destaque da cena nortista, já conhecida dos palcos de Boa Vista (RR). Ademais, toca a banda Bodó Valorizado, grupo que traz no repertório o clássico nos ritmos do norte, como o carimbó, a lambada e o brega. Também sobem ao palco as novatas Urutu do Olho Fundo e Modesto a Parte, ambas de Boa Vista.

 

Sem incentivos públicos

 

Gabeu é um dos nomes do Festival Vaca Amarela

Gabeu, filho do cantor sertanejo Solimões, toca, no dia 27/9, seu pocnejo no Vaca Amarela | Foto: Divulgação

Sem benefício de lei de incentivo à cultura, o Vaca Amarela acontece em 2019 de forma independente. De acordo com o produtor cultural João Lucas Ribeiro “fazer cultura em Goiás está cada vez mais insustentável.” Segundo ele,  “eventos que não tem apelo meramente comercial, como é o nosso caso, com histórico de 18 anos consecutivos, deveriam ter um cuidado especial pelas gestões de cultura”.  Por causa disso, João diz estar entregando “um festival enxuto, mas com uma programação relevante e representativa”.

O Festival Vaca Amarela será realizado nos dias 25 e 26 de setembro, no Sesc Centro, e nos dias 27, 28 e 29 no Centro Cultural Martim Cererê. Assim, no Sesc, os ingressos variam entre R$8,50 e R$23. Para o fim de semana no Martim Cererê o ingresso é no sistema “Quanto vale o show”, que funciona da seguinte forma: o público escolhe o valor a pagar, a partir de R$5.

SERVIÇO

18ª Festival Vaca Amarela

Data: 25 a 29 de setembro

Local: Sesc Centro e Centro Cultural Martim Cererê

Entrada: Sesc – R$23 inteira – R$11,50 meia – R$10,50 conveniado – R$8,50 Trabalhador do comércio e dependente | Martim Cererê – Quanto vale o show (a partir de R$ 5)

Informações e programação completa: @festivalvacamarela

Palavras chave: , , , , , , , ,

,