Reabertura do Parque Mutirama acontece no dia 29 de junho

Reabertura do Parque Mutirama acontece no dia 29 de junho
Escrito por Carlos Freitas no dia na categoria Cidade

Fechado há quase dois anos, após acidente que deixou 13 feridos em julho de 2017, a Prefeitura de Goiânia anunciou a reabertura do Parque Mutirama no dia 29 de junho, a partir das 8h. Assim, a ideia é que o local seja uma opção de lazer para crianças durante o período de férias que começa já neste final de semana.

(Atualização) No evento de reabertura do Parque (29/6), o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, anunciou que o Mutirama não terá mais cobrança de ingressos. Anteriormente, os valores eram de R$16 a inteira, e R$8 a meia. Além disso, maiores de 60 anos e menores de 3 anos não pagavam a entrada. No total, 7.823 pessoas foram compareceram à reabertura.

O local, que completa 50 anos em 2019,  segundo a Agência Municipal de Turismo Eventos e Lazer (Agetul), responsável pelo espaço, está passando pelos últimos ajustes.

Em março de 2018 o Aproveite a cidade visitou o Parque Mutirama. Em conversa com o então presidente da Agetul, Alexandre Magalhães, ele afirmou que os gastos em peças já haviam chegado a R$600 mil. Além disso, havia sido realizada uma perícia ao custo de R$298 mil. Segundo dados do site G1, até agora foram contabilizados gastos de mais de R$2 milhões.

Além disso, as obras do local estão sendo entregues com atraso. Só em 2018, três datas foram anunciadas e depois canceladas para a reinauguração do Parque Mutirama. Primeiro em março, depois em julho e, posteriormente, no dia 24 de outubro, aniversário da cidade.

 

Reabertura do Parque Mutirama acontece no 29 de junho após quase dois anos fechado. Escorregador é uma das atrações do lugar

O Escorrega é um dos brinquedos que continuam funcionando no Parque Mutirama. Local será reinaugurado no dia 29 de junho | Foto: Carla Falcão

Reformas

No período em que passou fechado, o parque recebeu trabalhadores de 13 empresas. Assim, eles fizeram as revisões técnicas tendo como orientadora a Bellé Engenharia, do Rio Grande do Sul.  A empresa é especialista em engenharia mecânica e serviços de inspeções de segurança. A empresa ganhou o processo licitatório para o diagnóstico inicial e emissão dos laudos.

Além disso, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO) acompanhou todas as etapas da reforma. Inclusive, o Twister, brinquedo onde ocorreu o acidente devido a falha na barra central, foi desativado, bem como a Torre. Assim, pensando na segurança, todas as 26 atrações receberam horímetro, equipamento que mede o tempo de uso e indica o momento de parar para avaliação.

O parque contará com novos bancos, lixeiras e para-raios. Também estão sendo instaladas mesas e os bebedouros serão reformados. Além disso, o local terá sistemas de iluminação e de som novos. O paisagismo também passa por cuidados especiais.

Nos últimos meses um processo seletivo foi realizado pelo município. Assim, de acordo com a  Prefeitura de Goiânia, 100 novos servidores foram admitidos e estão passando por treinamento para a reabertura do Parque Mutirama.

Porém, ainda faltarão os tradicionais quiosques. Os 46 permissionários que atuavam no interior do parque – com contratos precários, segundo a Prefeitura – tiveram de deixar o local. Isso aconteceu em atendimento a Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre Prefeitura de Goiânia e Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). Posteriormente, após concorrência pública que será realizada nos próximos dias, serão apenas 26 estabelecimentos no local.

(Matéria atualizada às 11h37 do domingo (30/6).

 

Palavras chave: , , , , , , , , , ,

,