Chefatura de Polícia, na Praça Cívica, será restaurada

Chefatura de Polícia, na Praça Cívica, será restaurada
Escrito por Carlos Freitas no dia na categoria Cidade

No último domingo (14/4), o governo de Goiás divulgou o início das obras de restauração do prédio da antiga Chefatura de Polícia. O edifício histórico se  localiza na Praça Cívica, em Goiânia.

A Chefatura de Polícia, que é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e protegida no âmbito estadual pelo Decreto nº 4.943.  O local está fechado desde 2015 porque a estrutura está comprometida. 

Assim, as obras custarão R$7 milhões e os recursos serão repassados pelo Iphan. Segundo a assessoria do Instituto, as obras ainda não têm data de início. Porém, a intervenção é parte de uma série de ações para a recuperação da região.

Entre 2014 e 2016, por exemplo, foi realizada a obra de Requalificação Urbana da Praça Cívica de Goiânia. Neste caso, a execução foi realizada pela Prefeitura de Goiânia e recursos do PAC Cidades Históricas, por meio do Iphan.

Além disso, o Iphan,  instituição vinculada ao Ministério da Cidadania, também está concluindo a obra de restauração da Antiga Delegacia Fiscal. No local, funcionará a nova sede do Iphan em Goiás. Outra obra na capital é a da Estação Ferroviária de Goiânia, também pelo PAC Cidades Históricas.

O que prevê o projeto de restauração

Chefatura de Polícia, na Prça Cívica, é um prédio histórico em art decó

Chefatura de Polícia, na Praça Cívica, será restaurada. Projeto foi finalizado, mas ainda não há data para as obras começarem | Foto: Secom – Governo de Goiás

O projeto para a intervenção da Chefatura da Polícia já está concluído, por meio de ação conjunta entre o Estado e o Iphan. Desta forma, visará a recuperação completa do edifício e a implantação do Centro de Memória da Polícia Civil em Goiás, incluindo arquivo e museu.

A ideia é recuperar as características originais da edificação. Ou seja, valorizar as qualidades arquitetônicas e de requalificação dos espaços, a fim de atender novos usos.

Posteriormente, o projeto prevê a recuperação da simetria e fluidez dos espaços. Além disso, a Chefatura de Polícia deve ser adequada em termos de acessibilidade e segurança. Portanto, a volumetria original do prédio também será resgatada, por meio de ações como a recuperação da cobertura.

A presidente do Iphan, Kátia Bogéa, enfatizou a necessidade urgente de restauração da estrutura, que compõe o conjunto arquitetônico da Praça Cívica. Lá, estão localizados os principais prédios institucionais da capital.

“O prédio da antiga Chefatura de Polícia encontra-se com graves problemas estruturais e necessita de urgente restauração. Por isso, agora poderá voltar a integrar, com vitalidade, esse espaço tão importante para a memória e a identidade de todos os goianos”, afirmou.

O prédio da Chefatura da Polícia

O edifício foi projetado pelo arquiteto urbanista Attilio Corrêa Lima na década de 1930. Tem estilo Art Déco e consiste no primeiro prédio da Polícia Civil.

Todavia, além da Chefatura de Polícia, o prédio já abrigou a Superintendência de Planejamento do Estado (Suplan). Mais recentemente, também foi sede da Agência Goiana de Cultura Pedro Ludovico Teixeira (Agepel).




Palavras chave: , , , , , , , , ,

,